Make your own free website on Tripod.com
Energia elétrica: sempre é tempo de economizar Nos tempos atuais, todos precisam racionalizar custos. E não é diferente com os condomínios.
A economia com energia elétrica, num condomínio residencial, deve começar pela iluminação das áreas comuns: as lâmpadas incandescentes devem ser substituídas pelas fluorescentes compactas ou tubulares (se esse procedimento ainda não tiver sido feito na época do racionamento de energia). Outra iniciativa é adequar o nível de iluminação em áreas de circulação restrita, como garagens. Pode-se utilizar sensores de presença para a iluminação externa, por exemplo, o que elimina a necessidade de se desligar luzes após determinado horário. “É ideal rever também a potência das lâmpadas que estão sendo utilizadas e a localização dos pontos de luz, sem esquecer, porém, da questão da segurança”, explica Rubens Leme Filho, da área de desenvolvimento de mercado da Eletropaulo. Para corredores e escadas, o condomínio deve calcular se as minuterias (que nem sempre se adaptam às lâmpadas fluorescentes) são uma opção mais econômica do que o sistema tradicional.

Quanto aos elevadores, deve-se otimizar seu uso. Prédios com mais de um elevador podem estudar a possibilidade de ficar com um desligado fora dos horários de pico. Campanhas devem ensinar os moradores (especialmente as crianças) a apertar a botoeira, apenas para onde se quer ir (subir ou descer).

Outra iniciativa válida é fazer um projeto de luminotécnica para as áreas comuns (os próprios fabricantes de lâmpadas oferecem esse serviço). Lâmpadas de vapor de sódio e vapor metálico são mais adequadas para áreas de lazer e quadras. “Com certeza, essa troca reduzirá a potência da lâmpada e aumentará a iluminação”, explica o técnico da Eletropaulo.

Identificar vazamentos de água (que fazem a bomba de recalque trabalhar mais) e áreas de fuga de corrente (fios mal emendados ou mal encapados ocasionam desperdício de energia paga) também ajuda na economia de eletricidade. Todos os condôminos podem colaborar, ainda, evitando usar aparelhos elétricos no horário de ponta, das 17:30 às 20:30 horas, contribuindo para aliviar o sistema do prédio.
 

Voltar á Página de Dicas de Segurança

Voltar á Página de Dicas

Ir á Página de Garagens Furtos e Roubos